Boas!

Chegando com um super disco repleto de raridades, disco de 1977 super raro!
Faixas especial como as Canto Sul, Pisa No Tabuado, Toca Nicanor, Noves Fora, Musa Caipira e muito mais, portanto não de bobeira!




Share/Bookmark


































Compilação dupla lançada, abrangendo os anos de 1966 e 1967 incluindo algumas faixas que não estavam nos seus albums da época. Uma delas, The Man from Toledo foi lançada como lado B do compacto promocional de 1966 The Borgia Stick.

















































A faixa The Borgia Stick foi incluída no album The George Benson Cookbook de 1966.



























Outra faixa muito boa é  Benson's Rider, originalmente lançada também no album The George Benson Cookbook, nesta compilação ela tem andamento diferente da versão do album e sua duração também é maior. Como bonus a essa compilação inclui as faixas The Borgia Stick do compacto promocional e também a versão album da faixa Benson' Rider. É isso aí pessoal boas trançadas!!!!!!




Share/Bookmark
07/03/2014

Nhocuné Soul

Nhocuné Soul é uma banda que surgiu nos anos 90 na Vila Nhocuné, zona leste de São Paulo, antiga moradia de escravos. Nas décadas de 80 e 90 apresentava um alto índice de criminalidade e a ideia de "Nhocuné Soul" veio para aumentar a autoestima dos moradores da vila.



Em ritmo de samba rock influenciado por mestres como Itamar Assunção, Benito de Paula, Gerson King Combo e Tim Maia, as letras falam da valorização do ser humano.





Baixe de graça o álbum "Banzo" (2013) aqui!



Nhocuné Soul é Jhony Guima (percussão e voz), Juninho Batucada (percussão e voz), Ronaldo Gama (baixo), Julio César Silva (bateria e voz), Luiz Couto (guitarra e voz) e Renato Gama (violão e voz).


Facebook do Nhocune




A Família Arquivo do Sambarock agrade o material e deixa aberto as portas para os futuros trabalhos.

Abraço ao parceiro Jhony Guima


Share/Bookmark


01 A Turma do Embalo - Nem Vem Que Nao Tem-Bye Bye
02 Conjunto 3D - Patruira Samba
03 Rodger e Teti-Coroação
04 Silvio César - A Festa
05 Donato e Seu Conjunto - Cafua
06 José Roberto - Crioula Multicolorida
07 DENISE BARRETO - SOL DE MAIS
08 CLAUDIA - COM MAIS DE TRINTA
09 OS DEVANEIOS - BEIRA D'ÁGUA
10 Wando - Nega de Obaluaê
11 SamJazz - Nega, Neguinha
12 Sebastião Tapajos & Maria Nazar - Tamborim de Prata
13 Helio Matheus - Mais Kriola
14 Os Novos Crioulos - Mar Afunda
15 Som Sete - Esquindindin
16 Osmar Milito - Morre O Burro, Fica O Homem
17 ELIZABETH VIANA - DILE
18 Super Som T.A - Agora Chega
19 Manezinho Araújo - Nao sei o que é que faço
20 BEBETO - COMO
21 TRÊS TONS - AFRICANBEAT


Share/Bookmark




01 Carlos Bacelar - Motivo Pra Cantar
02 HUGO TAUBE - VEM BALANÇAR MENINA
03 Cravo e Canela - Amor em Jacumâ
04 Rubinho e Mauro Assumpcao- Os Ohlos
05 Doris Monteiro - Acho que vou embora
06 Cravo e Canela - Preco De Cada Um
07 Lani Hall - Para Raio
08 Ronie & Central Do Brasil - Remelexo
09 Claudia- Baoba
10 Wanderlea - Mane Joao
11 Thiago de Mello - Andei so por Andar 1973
12 PACUTIGUIBE IAO - MARKU
13 Abilio Manoel Pois E, Sei La
14 Conjunto 3D - Patruira Samba
15 Graça Biot - Muito Obrigado
16 DE TM A JB -TRIO MOCOTO
17 BRASIL SHOW -  SAUDAÇÕES A JORGE
18 BANDA BLACK RIO - DE ONDE VEM



Share/Bookmark


1970, o LP "Marcos Valle", com destaque para "Quarentão simpático" (c/ Paulo Sérgio Valle), "Pigmalião" (c/ Paulo Sérgio Valle e Novelli) e a provocadora "Ele e ela" (onde ele e sua irmã Ângela Valle insinuam uma relação sexual).
1 Quarentão simpático (Paulo Sergio Valle, Marcos Valle)
2 Ele e ela (Marcos Valle)
3 Dez leis [Is that law] (Paulo Sergio Valle, Marcos Valle)
4 Pigmalião (Paulo Sergio Valle, Novelli, Marcos Valle)
5 Que eu canse e descanse (Paulo Sergio Valle, Marcos Valle)
6 Esperando o Messias (Paulo Sergio Valle, Marcos Valle)
7 Freio aerodinâmico (Marcos Valle)
8 Os grilos (Paulo Sergio Valle, Marcos Valle)
9 Suíte imaginária: Canção - Corrente - Toada - Dança (Marcos Valle)
----------
bonus tracks

10. Esperando o Messias (instrumental version)
11. Freio aerodinamico (instrumental version)
12. Berenice (B-side)

Arquivo 


Share/Bookmark

Energia é um álbum ao vivo do cantor e compositor Jorge Ben Jor lançado em 1982, retirado de um especial gravado pela Rede Globo com participações de Gal Costa, Tim Maia, Caetano Veloso, Luiz Wagner, Fábio Jr. e Baby Consuelo.




Share/Bookmark

Compacto raro do mestre Simonal, aonde consta  País Tropical (em Italiano) e Ecco il Tipo (Che io Cercavo).


"Percebi que podia dominar o público. Como, nem sei explicar direito. Descobri o valor da entonação e aprendi que há um segredo na maneira de falar, na maneira de olhar, na maneira de se portar. Quando não gritava, me impunha com o olhar, naturalmente."

Wilson Simonal em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, em 17 de julho de 1967

Arquivo


Share/Bookmark

Funk Brazuca na area, com pitadas de sambarock alucinante!
Gravado em 2005 no Sesc Pompéia, em São Paulo.

Desde sua criação, a banda Funk Como Le Gusta vem mostrando seu singular trabalho musical, mixando samba, soul e música latina, sempre revalorizando a black music brasileira. O grupo é composto por Kuki Stolarski (bateria), James Mü (percussão e voz), Sérgio Bártolo (contrabaixo), Emerson Villani (guitarra, violão e voz), Eron Guarnieri (teclado, escaleta e voz), Kito Siqueira (sax barítono e alto), Hugo Hori (sax tenor e flauta), Tiquinho (trombone), R16t (trompete, flugel horn e voz) e Jorge Ceruto (trompete e voz).




Share/Bookmark

Vale o confere, DJ da “Gringa” mais que nada!

Super set de bossa, Sambajazz e Sambarock da melhor qualidade!



Bossa Break 2 HERE


Share/Bookmark



Este box reúne todas as faixas que seriam o álbum McCartney II, incluindo duas versões da Faixa "Check My Machine", que originalmente saiu em single 7", no Brasil curiosamente além da versão 7" foi lançado também em 12", objeto de raridade entre colecionadores. A 2º versão da música conta com 8:58 de duração, contra os 5:50 da versão conhecida.
























































Lista de Faixas:

CD 1 – REMASTERED ALBUM
1. Coming Up
2. Temporary Secretary
3. On The Way
4. Waterfalls
5. Nobody Knows
6. Front Parlour
7. Summer’s Day Song
8. Frozen Jap
9. Bogey Music
10. Darkroom
11. One Of These Days

CD 2 – BONUS AUDIO 1
1. Blue Sway (With Richard Niles Orchestration) 
2. Coming Up (Live at Glasgow, 1979) 
3. Check My Machine (Edit) 
4. Bogey Wobble 
5. Secret Friend 
6. Mr H Atom / You Know I’ll Get You Baby
7. Wonderful Christmastime (Edited Version) 
8. All You Horse Riders / Blue Sway

CD 3 – BONUS AUDIO 2
1. Coming Up (Full Length Version)
2. Front Parlour (Full Length Version)
3. Frozen Jap (Full Length Version)
4. Darkroom (Full Length Version)
5. Check My Machine (Full Length Version)
6. Wonderful Christmastime (Full Length Version)
7. Summer’s Day Song (Original without vocals)
8. Waterfalls (DJ Edit)   

DVD – BONUS FILM
1. Meet Paul McCartney
2. Coming Up Music Video
3. Waterfalls Music Video
4. Wonderful Christmastime Music Video
5. Coming Up (Live At Concert for the People of Kampuchea, 1979)
6. Coming Up (taken from a rehearsal session at Lower Gate Farm, 1979)
7. Making the Coming Up Music Video
8. Blue Sway



Share/Bookmark

Álbum “Quem sou eu” – Ully Costa 

 

Quem sou eu
Este é o título do primeiro disco solo da cantora Ully Costa.
Ully conta que o nome veio da canção homônima do cultuado disco Krishnanda, de Pedro “Sorongo” Santos. “Essa foi a primeira música que gravamos, era minha única certeza no início do projeto. A letra é linda e tem muito a ver com o momento que estou vivendo”. A faixa recebeu um novo arranjo, mais minimalista, com  o piano e o violoncelo dos cubanos Pepe Cisneros e Yaniel Matos.
Outras belas composições surgiram no processo, como Festa do Rei Nagô (Jairo Cechin), ijexá que recebeu um arranjo com influências do afrobeat e que conta com a participação especial do DJ KL Jay, dos Racionais MC´s. Capoeira de Oxalá é um samba-jazz dos anos 1960, cheio de suingue, que mostra outra faceta do compositor Luís Carlos Sá (da dupla Sá e Guarabyra). Já em Pindorama (Érico Marco), Ully canta a riqueza dos povos e da terra mais tarde conhecida como Brasil, apresentando elementos musicais que fazem parte de sua formação, como instrumentos de PVC e percussão corporal, misturados a efeitos eletrônicos. A música conta ainda com a participação de Marcelo Pretto (Barbatuques) e do grupo Vozes Bugras.

São ao todo nove composições que bebem da herança musical da artista, de ascendência indígena e negra. “Minha avó, dona Cícera, veio muito novinha de Alagoas e é filha de índios daquela terra. Já meu avô paterno, ‘seu’ Onofre, sempre viveu na roça, em Imbé de Minas, onde sempre nos reuníamos para ouvi-lo tocar sanfona. Eu ficava lá com meus tios, tocando viola caipira e cantando muita ‘moda’. Sinto muita afinidade com esse Brasil profundo. Por outro lado, cresci em São Paulo e é inevitável que o meu trabalho também traga em si elementos urbanos e contemporâneos”.
Todas as faixas foram executadas pelos músicos do início ao fim, mesmo aqueles sons que poderiam ser “loopados” ou programados, no intuito de se obter um resultado musical orgânico, pulsante, com o mínimo possível de edições. Elementos eletrônicos e efeitos sonoros foram adicionados depois, o que acrescentou uma sutil camada de modernidade ao resultado final.  O Projeto é realizado com o apoio do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Estado da Cultura – Programa de Ação Cultural – 2012
A direção musical é do músico e produtor Leonardo Mendes, filho do cantor, compositor e pesquisador baiano Roberto Mendes. Cada faixa recebeu tratamento especial, de acordo com seu estilo e sonoridade. Por isso o disco conta com muitos músicos convidados, como Curumin (bateria em Olhos D´Água), Da Lua (percussão em A querer e em Irerá  Ódun), Jorginho Neto (trombone em O meu lado, de Marquinho Dikuã), entre outros.
Quem sou eu pode ser lido (e ouvido) com ou sem o ponto de interrogação. É ao mesmo tempo pergunta e resposta. Ou ao menos parte dela.


Share/Bookmark

asr web face

Todo Sábado á partir das 21hs, tem Arquivo do Samba Rock na Webradio Balanço, apresentando muito samba rock de qualidade, além das informações retirada dos arquivos da nossa equipe.
Venha relembrar os bailes dos anos 70 e 80 aonde as equipes tocavam e a rapaziada trançava os bracinhos, raridade e qualidade com muita informação!

Vale o confere! Ouçam em:
http://webradiobalanco.com/


Share/Bookmark

Boas novas, camiseta Original Funk Music e Arquivo do Sambarock!

contato@originalfunkmusic.com

image003

image006 image004 image005

Poucas unidades no tamanho GG a pronta entrega!

GG - 54cm largura x 72 cm altura

contato@originalfunkmusic.com


Share/Bookmark

Baita trilha, um disco que com certeza não pode faltar na discografia de nenhuma pessoas!

Veja se consegue ficar parado com esta reunião, só mesmo o mestre Quincy para juntar o melhor, a mais fina flor do Jazz para fazer uma brincadeira, JamSessions.

Quincy Jones - Composer, musical director
Bill Cosby – Vocals
Arthur Adams – Guitar
Eddie Harris - Tenor saxophone
Ernie Watts - Tenor saxophone
Clare Fischer – Piano
Les McCann – Piano
Monty Alexander – Piano
Joe Sample - Fender Rhodes piano
Jimmy Smith - Hammond B-3 organ
Milt Jackson – Vibraphone
Victor Feldman – Vibraphone
Ray Brown – Bass
Carol Kaye – Bass
John Guerin – Drums
Paul Humphrey - Drums

Alias disco este super valorizado pelos colecionadores, com 2 sambarock incríveis, fora os Grooves fenomenais.
Mais que o confere, manda logo pra conta!

album

Bill Cosby, Quincy Jones - The Original Jam Sessions 1969

Arquivo


Share/Bookmark
26/09/2013

FARUFYNO

principal (1) 

O FARUFYNO é formado por:
- Marcelo Kubagawa, que traz no seu violão a levada brazuca e na sua voz a essência da miscigenação.
- Mario Souza Lima comanda o Baixo Elétrico e faz pulsar as veias deste caldeirão musical.
- Marcos Castilha é quem dá o ritmo com sua bateria incessante, que mais parece uma escola de samba, e também assume com louvor os vocais da banda.
- Rodrigo Pirituba trabalha na cozinha deste bar sonoro e, com suas bases percussivas dá o tempero ao caldo que torna este grupo tão intenso e respeitado, trazendo também com suas rimas e vocal, um toque de classe nas composições do grupo.
- Flavio Ferreira é o guitarrista e também um dos vocais, trazendo em seus acordes e boas idéias o encaixe perfeito desta máquina de produzir boa música brasileira.
Com esta formação o FARUFYNO percorre o feliz e suave caminho da boa música. O show conduz o público a uma viagem que ecoa nos bons ouvidos, trazendo o novo e o clássico na mesma bagagem. O FARUFYNO é capaz de misturar o melhor da Música Brasileira com uma levada original e inconfundível. Um show para dançar, elevar a alma e curtir.

O FARUFYNO surgiu em meio a redescoberta do Samba-Rock em São Paulo. Na década de 90, toda uma geração de jovens passou a cultivar gêneros musicais mais marcadamente brasileiros e de forte influência regional. Em São Paulo e Rio houve uma grande revalorização do Samba-de-Raiz e seus derivados mais modernos e cosmopolitas (como o Samba-Funk, o Samba-Soul, e o Sambalanço).
Se por um lado, a banda resgata composições de autores e artistas como Osvaldo Nunes, Originais do Samba e Wilson Simonal, por outro lado ela busca incluir composições menos óbvias dentro do contexto do Samba-Rock, como Chico Buarque, Pepeu Gomes e Mutantes. Além disso, muito mais do que uma “banda-tributo”, oFARUFYNO propõe uma leitura mais atual com suas composições próprias, que lançam influências que vão do rock psicodélico ao rap, passando pelos afro-beats e a jovem-guarda.

capa_cd (1)

Clique e baixe na faixa o CD
Olho Vivo

http://www.farufyno.com.br/


Share/Bookmark
25/09/2013

Os Opalas

Mais uma super banda do groove, Sambarock nacional que libera seu trabalho de forma livre, vale por demais o confere!

foto_principal

A banda Os Opalas tem por missão difundir a música brasileira, mundialmente respeitada por sua alta qualidade e variedade rítmica, destacando em seus shows as composições autorais e as releituras clássicas do samba rock. Biografia Fundada pelo batera Américo Rodrigues, a banda completou seus 10 anos de estrada em 2012. Neste ano, o lançamento do álbum ‘Mistura Cultural’, combina os estilos groove, soul, reggae, jazz, afrobeat e os transforma em combustível para a produção de canções autorais. Para o quarteto, o momento reflete ser a nova geração da música suingada brasileira.

O repertório dos shows mescla sucessos de grandes intérpretes brasileiros como Luís Vagner, Jorge Benjor, Branca di Neve, Marku Ribas, Tim Maia, com as músicas autorais, “Mistura Cultural” , “É pra dançar”, “4:20” e por aí vai.
Curta e compartilhe sem moderação!

Twitter: @osopalas
Soundcloud: https://soundcloud.com/osopalas
Youtube: http://www.youtube.com/bandaosopalas
Myspace: http://www.myspace.com/osopalas
Palco MP3: http://www.palcomp3.com/osopalas

 

capa_cd

Clique e baixe na faixa o CD
Mistura Cultural

capa_cd2

Aproveite e baixe também o CD
Nossas Origens

http://www.osopalas.com/


Share/Bookmark

Salve, salve a todos!

Show de bola o que fez o Sandália de Prata, disponibilizou sua discografia inteira para baixar, são 3 discos e vale a pena adicionar a sua biblioteca!

foto_imprensa

CD Sandália de Prata – 2006

cd_sandalia_01

Em 2006 a banda lançou seu primeiro CD, homônimo, com composições da vocalista Ully Costa em parcerias com os compositores Luciana Simões, Ale Muniz e Marquinhos Dikuã. Como o disco tinha apenas 5 faixas foi comparado aos antigos compactos de vinil de 7 polegadas e por isso teve uma tiragem limitada na qual o CD vinha encartado em uma capa semelhante às dos antigos disquinhos.

CD Samba Pesado – 2009

cd_sandalia_02

Em 2009 saiu o segundo disco, “Samba Pesado”, com produção e arranjos da própria banda e que traz a participação especial de um dos grandes nomes do balanço nacional, o “guitarreiro” Luis Vagner, que cedeu uma composição inédita para o grupo. As 12 faixas de “Samba Pesado” passeiam pelo samba-rock, gafieira e partido alto, com temperos de jazz, soul e rap. No palco, toda essa mistura vira um animado baile, com direito a muito suingue e arranjos refinados. Apesar de toda a mistura de sonoridades, o disco rendeu ao grupo uma indicação ao Prêmio da Música Brasileira 2010 (antigo Prêmio Sharp e Tim) na categoria “ Melhor grupo de samba”.

CD Desafio ao Galo – 2011

cd_sandalia_03

O samba continua como coluna vertebral no esquema rítmico, em vertentes como o samba-rock ou a gafieira, mas, para o ouvinte atento, fica cada vez mais clara a diversidade de influências e sonoridades presentes no som da banda, com acentos de latinidades, jazz, pegadas de soul music e até mesmo de blues.

O disco conta com a participação especial de Elza Soares, parceira habitual da banda e que canta em dueto com a vocalista Ully Costa na faixa Quem sabe, sabe (Lino Krizz). A banda também decidiu incluir uma releitura de O Cravo brigou com a rosa, composição de 1969 de Jorge Benjor, gravada originalmente por Claudete Soares.

realese

Arquivo

http://www.sandaliadeprata.com.br


Share/Bookmark

Boas novas, disco invocado, alias segundo disco da banda Bixiga 70, Afro-funk, Beat, Groove and mores! o confere é mais que garantido é certo!  Abraço a rapaziada do Bixiga pelo trampo e quam quiser comprar, ouvir ou baixar, visite o site site oficial da banda.”

Bixiga-70-2013-Foto-Nicole-Heiniger-1024x627

Foto: Nicole Heiniger

A música é instrumental mas o discurso é claro. Bixiga 70 chega chegando ao segundo disco: o groove ficou mais pesado; guitarras e teclados agora estão na linha de frente junto com os metais; bateria, baixo e percussões impulsionam os arranjos sem massagem; a ira se espalha pelos timbres, pelas linhas melódicas, pelos riffs – a temperatura subiu geral. Terreiro, Jamaica, dinâmicas jazzísticas, Pará, Etiópia e um clima de “blaxploitation à brasileira” se misturam com equilíbrio. A influência do afrobeat – supracitada nas boas críticas do primeiro disco, de 2011 – agora se dilui num mar de referências e o som alcançado identifica a banda como uma impressão digital. A África, afinal, é o mundo inteiro.

O trompete que chora no solo de “Deixa a Gira Girá” (ponto de candomblé, já adaptado pelo trio baiano Os Tincoãs, em 1973); a bateria que demole qualquer tropa de choque em “Ocupaí”; a guitarra que insinua um certo mistério em “5 Esquinas”; o sintetizador que evoca o futurismo em “Kriptonita”; o lamento coletivo na saideira, “Isa”; tudo parece reverberar a frequência que tomou as ruas do Brasil em junho de 2013 – mês em que a banda finalizou este segundo disco, com produção de seus integrantes e mixagem de Victor Rice. O processo de composição coletivo no estúdio e o entrosamento afinado em turnês azeitou – ou melhor, “vinagrou” – a química.

A 13 de maio reflete junho de 2013. É no número 70 da rua mais famosa do Bixiga que a banda ensaia e grava, na sede do estúdio Traquitana, mesmo endereço que, uma vez por ano desde 2007, vê as ruas tomadas para a realização do Dia do Graffiti – mais um exemplo de evento que ocupa as ruas de São Paulo com programação cultural gratuita, ao ar livre. Rua. Ocupação. Música. Não é só no mapa de São Paulo que o Bixiga fica ali colado na Liberdade. Avante!”

Ramiro Zwetsch / Radiola Urbana / Junho de 2013

Bixiga-70-2013-contracapa Print

Gravado no estúdio Traquitana entre 13 e 17 de maio de 2013.
Produzido e arranjado por Bixiga 70.
Gravado por Evaldo Luna, Junior Zorato, Betinho.
Mixado por Victor Rice no estúdio Copan.
Masterizado por Fernando Sanches no estúdio El Rocha.
Foto: Nicole Heiniger
*Deixa a Gira Girá – adaptação do arranjo da faixa de mesmo nome do disco “Os Tincoãs” (1973).

Décio 7 – bateria;
Marcelo Dworecki – baixo;
Cris Scabello – guitarra;
Mauricio Fleury – teclado e guitarra;
Rômulo Nardes – percussão;
Gustavo Cecci – percussão;
Cuca Ferreira – sax barítono;
Daniel Nogueira – sax tenor;
Douglas Antunes – trombone;
Daniel Gralha – trompete.

bixiga70.com
traquitana.or


Share/Bookmark

Sábado é dia de abrir o Arquivo do Samba Rock na Webradio Balanço, para relembrarmos dos bailes da antiga onde as equipes tocavam as "balas" e a rapaziada trançava os bracinhos sem parar.
E também para curtirmos os sucessos da atualidade.

Não percam.
À partir das 21hs na http://webradiobalanco.com/
Ouça também através do player na página da Webradio Balanço no Facebook
Nos links alternativos: Original Funk Music Ou em seu celular, via aplicativo Tune In.

Vale o confere! Ouçam em:
http://webradiobalanco.com/

999579_489818161109998_1740096675_n


Share/Bookmark